• Tony Veríssimo

Obras de calçamentos em Montadas/PB são de convênios conquistados pela gestão anterior



Nicolau Maquiavel já dizia em seu livro, O príncipe, que: “O povo tem memória curta”, e essa base de fundamento foi utilizada por diversos políticos aos longos dos séculos, o que culminava nos países democráticos da seguinte forma: o governante passava os primeiros anos de mandato afirmando que a culpa era sempre da gestão anterior e que ele estaria arrumando a casa; além manter a culpa nos antecessores ia além e reforçava ao meio de sua gestão que grande parte dos problemas eram devido a 'crise'; mas que ao final, sua gestão superaria todas as mazelas e ele iniciaria obras e serviços tão desejados pelo povo. Claro tudo isso não passava de uma fachada para encobrir o seu desgoverno no ano de eleição.

Hoje, com o avança dos meios de comunicação, como à internet e acesso aos documentos públicos ser cada vez maiores, fica difícil um administrador usar tais mecanismos de engodo contra uma população que gradativamente vai se informando cada vez mais sobre política local. Contudo, a questão que cada cidadão deve se perguntar é: Em pleno século XXI o povo ainda tem memória curta?

Em Montadas/PB, podemos citar diversos exemplos de tais práticas, porém exclusivamente nos deteremos aqui aos calçamentos das Ruas Pilar da Conceição, Rua Manoel Pedro da Silva e Rua Severina de Araújo Souza. Além das ruas: Deodato Simplício de Araújo e João Ginú dos Santos, ambas do Bairro da Consolação.

Os Convênios deixados pela gestão anterior

O Portal da Transparência do Governo Federal apresenta o quadro com todos os convênios firmados entre a Prefeitura de Montadas e a União. Nele podemos ver que todos os convênios são anteriores ao governo do atual prefeito Jairo Herculano de Melo (PSB/40), ou seja, não existem nenhum convênio realizado a partir dos esforços administrativos de sua gestão.


Os calçamentos da Ruas: 1) Pilar da Conceição, 2) Manoel Pedro da Silva e 3) Severina de Araújo Souza, foram conquistadas pela gestão do ex-prefeito Lindembergue Souza Silva, conforme o número do Convênio SIAFI 769126, no valor inicial de R$ 292.500,00. Conforme dados abaixo fornecidos pelo Portal da Transparência:


Conforme claramente demonstrado o convênio é do ano de 2011 e a liberação de 50% dos recursos veio a ocorrer em 14 de dezembro de 2012, ou seja, 17 dias antes do final da gestão anterior. O que notoriamente se comprova que o atual prefeito de Montadas, Jairo Herculano de Melo, teve condições de efetuar a realização das obras dos calçamentos já no início de sua gestão, ou seja, em 2013. Contudo, decidiu esperar 03 anos para iniciar as obras, ou seja, as vésperas das eleições de 2016; que por sinal ele ira concorrer à reeleição.

O mesmo também pode ser dito dos calçamentos do Bairro da Consolação que é um convênio do ano de 2010. Os calçamentos das Ruas: Deodato Simplício de Araújo e João Ginú dos Santos, foram conquistadas pela gestão do ex-prefeito Lindembergue Souza Silva, conforme o número do Convênio SIAFI 746173, no valor inicial de R$ 292.500,00. Já apresentando uma liberação inicial de R$ 56.832,75 para que, somadas a contrapartida da Prefeitura, a mesma possa ser iniciada.


É nítida a política que foi adotada pela atual gestão: Deixar tudo para o ano da eleição. Se segundo o entendimento de seu grupo: “o povo tem memória curta” então para eles, a população iria esquecer todas as complicações que viveram ao longo dos 03 primeiros anos do mandato de Jairo Herculano e se encantariam com as ações do último ano.


Quando o governo do prefeito Jairo Herculano foi presenteado pelo Governo Federal e Estadual, com doações de uma quadra coberta, a reforma do posto de Manguape e as construção de uma Unidade Escolar, respectivamente, ele sempre afirmou que eram parcerias da Prefeitura com tais órgãos. Contudo, no que diz respeito as conquistas deixadas pela gestão anterior, tais como: 1) Os calçamentos da Ruas: Pilar da Conceição, Manoel Pedro da Silva, Severina de Araújo Souza, 2) Deodato Simplício de Araújo, João Ginú dos Santos; 3) a construção da praça da Rua João da Costa Brasil; 4) a construção do Centro de Eventos e a 5) a construção das 40 casas em convênio com a Caixa Econômica Federal através do Ministério das Cidades, ele sempre omitiu que foram conquistas em prol do município realizadas pela gestão anterior que ele ironicamente chama de “Grupo dos 49 anos” ou da "Família Veríssimo".

O que cada cidadão deve ter em mente é que não existe sequer uma obra através de convênios federais realizadas em Montadas que sejam méritos do atual prefeito Jairo Herculano, nem mesmo a Quadra Coberta, que na verdade foi um doação do governo federal, pois todos os serviços que atualmente veem ocorrendo no município ou foram doadas pelo Governo Federal e/ou Estadual e/ou foram convênios já firmados anteriormente pela gestão anterior, pois diga-se, mais uma vez, não existe um único convênio firmado pela atual gestão do prefeito Jairo Herculano de Melo junto à União, visto que o município de Montadas/PB vinha estando inadimplente junto aos órgãos federativos há mais de 02 anos.

Assim podemos afirmar com o adágio popular o tipo de política administrativa que o atual prefeito de Montadas, Jairo Herculano vem realizando: "Quem conta um conto aumenta um ponto", ou seja, ele não consegue por méritos próprios conquistar recursos para o município de Montadas, mas busca ganhar créditos através das conquistas de seus antecessores, os quais ele tanto critica!

#2016 #calçamentos #JairoHerculano #Convênios #Lindembergue

8 visualizações

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados