• Tony Veríssimo

Em Montadas, Adriano Galdino faz campanha antecipada e diz que têm mais defeitos do que virtudes



Na tarde da última sexta-feira, 05 de agosto de 2016, o PSB/40 do município de Montadas/PB, realizou a sua convenção municipal para a escolha dos candidatos a prefeito, vice-prefeito, vereadores e formação de coligação.

A convenção teve a participação do deputado estadual, Adriano Galdino, que atualmente ocupa o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba e que também concorre ao cargo de prefeito do município de Campina Grande.

Adriano já é conhecido por seus discursos arcaicos e de baixo calão, notoriamente, mais uma vez, em Montadas disparou o seu vocabulário de torpezas. Ele discursou por cerca de 17 minutos e disparou uma metralhadora de insultos direcionados tanto aos adversários como também a alguns vereadores que compõe a base do atual prefeito do município de Montadas, Jairo Herculano de Melo (PSB). Ele afirmou:

Eu não estou preocupado em machucar ninguém e chaleirar ninguém.... Porque eu não sou de chaleirar nem minha mãe que me pariu, imagine vereador. Vamos deixar bem claro isso aí! Eu não sou de chaleirar ninguém.

Vocês olhem para quem está aqui em cima e vote nos mais leais, os mais amigos de Jairo. Se chegar um vereador na casa de vocês e pedir voto só pra ele e não pedir voto pra Jairo: vote contra esse filha da puta! Só vote em quem for amigo, quem for leal, quem não for mande se lascar!

Provavelmente Adriano Galdino, disparou isso devido aos diversos comentários que rondam o município de Montadas onde já haveria vereadores que para não se prejudicarem devido a negatividade da atual administração executiva, pedem voto apenas para si e não para o prefeito Jairo Herculano.

Em um discurso totalmente arrogante e desesperador ele ainda destacou: “Se ele [o vereador] ficar como rapariga: lá e cá, lá e cá. Não vote não, não vote não; despache!

Talvez a parte mais verdadeira de seu discurso foi quando ele mesmo teceu críticas a própria personalidade. Ele afirmara - segundo suas próprias palavras - que tinha mais defeitos do que virtudes. Ele assim se pronunciou:

Eu sou político. Quem gosta de mim, me ama, também quem não gosta, me odeia; porque eu sou assim mesmo. Minha ruindade eu boto pra fora e as bondades também; não cubro nada. Defeito eu tenho de [encher] caminhão e tenho umas virtudes que dá para encher um fusquinha. Tenho mais defeito do que virtudes. Mas eu boto pra fora o que sou, e eu sou assim. Do jeito que sou assim hoje, eu fui quando vendia confeito em Pocinhos, eu já era assim mesmo, nunca deixei mudar e vou continuar assim: Sendo Adriano Galdino.

Encerrando o seu discurso Adriano Galdino, antes mesmo de participar da sua Convenção pelo PSB no município de Campina Grande, a qual teria como propósito lançar seu nome como candidato a prefeito daquele município, se antecedeu a Lei Eleitoral e em Montadas já pedia voto para si como prefeito de Campina:

Eu vou vender um peixinho pra mim também... Vocês que têm parentes em Campina Grande, peçam voto para Adriano, pra prefeito de Campina Grande. Vocês que tem um amigo, um irmão, sei lá quem, peçam voto para Adriano lá em Campina Grande, para que a gente possa fazer uma parceria ainda maior: Campina e região!

Este ato de Adriano Galdino, até aquele horário, como “pré-candidato” a prefeito de Campina Grande, insurge como propaganda antecipada conforme estabelece o §3° do artigo 36 e 36 A da Lei 9.504/97, pois fora registrado o pedido explícito de voto antes mesmo da realização de sua Convenção Municipal, como também, do período legal firmado para o próximo dia 16 de agosto do corrente ano.

Se após este ato as medidas cabíveis forem tomadas, o deputado poderá ter que pagar uma multa entre R$ 5 mil e R$ 25 mil reais.


#AdrianoGaldino #JairoHerculano #2016 #PSB #40 #coprolálico #coprolália #campanhaantecipada

1 visualização

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados