• Tony Veríssimo

O Mito da Inquisição Espanhola da BBC de Londres


A maioria dos cristãos se contorce à simples menção da Inquisição espanhola, muitas vezes admitindo a reclamações de que foi o momento mais brutal na história da Igreja. Mas realmente foi tão brutal como muitas vezes os críticos alegam? Bem, não é isso que mostra o clássico documentário de 1994 da BBC de Londres chamado: O Mito da inquisição Espanhola.


Em uma versão rara e dublada o documentário traz depoimentos de pesquisadores isentos e renomados, como Henry Kamen que é a maior autoridade viva sobre Inquisição Espanhola, entre diversos outros que se debruçaram sobre este complexo tema, desmitificando falsificações históricas arquitetadas com o único objetivo de criar uma lenda negra em torno desta complexa instituição e, destarte, desmerecer a Igreja Católica e sua contribuição decisiva na construção da civilização ocidental.

Os documentários elaborados por profissionais isentos examinaram diretamente os arquivos secretos do Santo Ofício e chegaram a diversas conclusões de que houve na verdade uma verdadeira campanha de propaganda contra a instituição com finalidade de rotulada a uma ‘lenda negra’.

O documentário desmistifica a fanática ideia que os inquisidores eram torturadores monstruosos e os apresenta mais como juristas do que carrascos, chegando à conclusão que pouquíssimas pessoas foram torturas e que era o tribunal mais brando de seu período.

O documentário ainda desmistifica uma série de acusações que aos longos dos anos foram atribuídas a Santa Inquisição, mas que na verdade ou eram falsos ou praticados por outras instituições civis ou de cunho Protestante.

Ainda segundo o documentário, em 350 anos de atuação em território espanhol, apenas 49 pessoas foram condenadas a fogueira e sendo a prática de bruxaria uma ilusão que os inquisidores normalmente não acreditavam.

#Igreja

12 visualizações

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados