• Tony Veríssimo

Mais de 45 mil espanhóis tomam as ruas de Madrid querendo a renúncia do premiê socialista



Sob o lema “Por uma Espanha unida. Eleições já!”, dezenas de milhares de espanhóis tomaram as ruas de Madrid para pedir a renúncia do premiê socialista, Pedro Sánchez.

Concentrados na Praça de Colón, os líderes do Partido Popular, o conservador Pablo Casado, o liberal Alberto Rivera do Ciudadanos e o Presidente do partido direitista Vox, Santiago Abascal, se uniram aos mais de 45 mil populares que clamaravam por uma ‘rendição socialista’.

Para Rivera: “O tempo de Sánchez já acabou”. Exigindo assim novas eleições, após as denúncias que o atual premiê socialista vem apoiando os separatistas da Catalunha. Abascal, por sua vez, acusa o atual governo de traição e deseja a suspensão imediata da autonomia na Catalunha.

A crise do atual governo na Espanha apenas demonstra o rumo que toma um país quando suas lideranças defendem o socialismo: Decepção e protestos. Foto: Andrea Comas / AP


7 visualizações

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados