• Tony Veríssimo

Jovem que forjou suástica para prejudicar Bolsonaro durante eleições prestará serviço comunitário


A jovem que supostamente teria sofrido um “ataque nazista”, tendo uma suástica riscada em seu corpo por apoiadores de Jair Bolsonaro foi indiciada pela Polícia Civil no final de 2018 por falsa comunicação de crime, e agora, desistiu de enfrentar o devido processo judicial. No lugar, prestará 200 horas de serviço comunitário em Porto Alegre (RS).

Com essa nova decisão, a audiência preliminar no 1º Juizado Especial Criminal do Foro Central, que estava marcada para esta quarta-feira (27), foi cancelada a pedido da defesa. A advogada da garota de 19 anos alegou que a cliente continua em tratamento psiquiátrico. Já a jovem preferiu aceitar a transação penal e sair do processo judicial.

A data e local onde a jovem prestará serviços comunitários ainda estão indefinidos.

Informações: Zero Hora.

125 visualizações

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados