• Tony Veríssimo

Pânico na UNIFACISA: Aluno teria supostamente ameaçado fazer atentado terrorista

Atualizado: 26 de Mar de 2019




O pânico tomou conta da Faculdade Unifacisa de Campina Grande/PB, na tarde desta segunda, 25. Acadêmicos que estudam no local afirmam que um aluno do 4º período de Medicina chamado Alexsandro Santiro teria supostamente comunicado a um amigo que planejava realizar um atentado no local de ensino assim como ocorreu dias antes na cidade de Suzano/SP.


As mensagens que rapidamente foram difundidas no whatsapp afirmam que o "suposto terrorista" teria tirado fotos com uma arma.




Alexsandro teria comunicado a uma amiga, via whatsapp, que teria comprado um revólver (modelo 32). Ele também afirma que estaria sofrendo Bullying.





Após o pânico dos estudantes foram mobilizadas para a Universidade diversas viaturas da Polícia Militar e delegados da Polícia Civil, bem como ambulância. Vários acadêmicos desesperados começaram a correr rapidamente para fora da faculdade. Catracas foram liberadas visto o número de pessoas que buscavam a saída.




Alguns estudantes da faculdade afirmavam em redes sociais que o autor provavelmente teria ameaçado o coordenador do curso e ameaçado fazer um massacre na Faculdade. Após diligência as Polícias ostensivas identificaram o autor da mensagem que gerou pânico e iniciou um interrogatório.





Vídeos






Novas informações


Informações posteriores ao alarde que tudo não passou de uma “brincadeira que fugiu do controle”. A imagem do revólver 32 que Alexsandro teria enviado para o amigo teria sido retirada do Google, referente a uma matéria jornalistica de 2016, do Estado de Alagoas (ver matéria), o que apontava para um trote criado pelo o autor.




O boato começou pelo WhatsApp e se espalhou rapidamente. O estudante alegou que pegou a foto de uma arma e mandou para uma amiga dizendo que cometeria assassinatos na faculdade. Essas mensagens foram sendo compartilhadas e a brincadeira saiu do controle. Ouvi o rapaz e ele comprovou que a foto da arma havia sido retirada da internet”, disse o delegado Victor Melo.


Nota da universidade


Após a polêmica gerada e o pânico dos estudantes, a diretoria da UNIFACISA emitiu a seguinte nota de esclarecimento:

"A Unifacisa comunica que, após circulação de notícias em redes sociais na tarde desta segunda-feira, 25, tomou todas as providências comunicando as polícias civil e militar, que imediatamente estiveram no Centro Universitário para averiguação da veracidade dos fatos, tratando-se de notícia falsa. Nenhum incidente foi registrado e a investigação está sendo conduzida pela Delegacia de Roubos e Furtos. Todas as atividades da Instituição estão normalizadas".

1,030 visualizações

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados