• Tony Veríssimo

Reforma de Bolsonaro na EBC vai economizar R$ 130 milhões/ano


A reforma planejada pelo presidente Jair Bolsonaro na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), conglomerado das estatais de comunicação, tem economia prevista de cerca de R$ 130 milhões. Neste cálculo estão cortes principalmente em custos operacionais e folha de pagamento – o quadro de funcionários tem um total de 1.991 pessoas.

O Governo tem como uma das principais pretensões fundir dois canais de televisão: a TV Brasil e a TV NBR. Também se pretende fundir emissoras de rádio, que hoje são sete no total. As mudanças devem começar em cerca de seis meses.

A gente pretende fazer uma fusão das duas televisões, mas respeitando a legislação de cada uma”, disse à Folha de S. Paulo o ministro Carlos Santos Cruz, da Secretaria de Governo, que coordena a reforma. “Fazer uma estrutura que transmita o interesse de estado e de governo ao mesmo tempo”.

A ideia é fazer uma comunicação de qualidade, que seja honesta, transparente e sem nenhum conteúdo ideológico”, disse Carlos. “A nossa filosofia, mesmo sendo uma televisão com características governamentais, é de que ela não faça propaganda”, concluiu.
122 visualizações1 comentário

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados