• Tony Veríssimo

Secretário Nacional de Segurança quer que presos façam faxina, cantem o hino, trabalhem e estudem



Nessa sexta, 22, o Secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theóphilo participou junto com o vice-presidente da República Hamilton Mourão de um debate sobre segurança pública na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), em Porto Alegre.


O secretário abordou sobre a transferência de líderes de uma facção criminosa de São Paulo para presídios federais como Marcos Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola, e outros três presos, como parte de uma estratégia para combater o crime organizado. Na oportunidade o secretário afirmou que os presos têm que fazer faxina, cantar o hino nacional, trabalhar e estudar.


"Tem que colocar preso para fazer faxina, tem que colocar preso para cantar o hino nacional, tem que colocar preso para estudar, tem que colocar preso para trabalhar". destacou

Segundo o secretário, nas penitenciárias federais o tratamento é mais rígido. Em parte de sua dissertação dirigiu as seguintes palavras ao ao vice-governador do Rio Grande do Sul e ao secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, que havia mencionado, antes, o déficit de 13 mil vagas em presídios no estado.


"As penitenciárias federais estão com vaga, podemos transferir lideranças de facções para essas prisões, como já estamos fazendo". Afirmou Theóphilo

Ao discursar, vice-presidente Mourão seguiu na mesma linha:

"Cadeia não pode ser local de férias".
886 visualizações1 comentário

Siga o Eu Sou Azul

Tony Veríssimo

Post em destaque

© 2014-2020 EuSouAzul.com

Todos os direitos reservados